Review | Recore

Atualizado: Mar 6

  • Desenvolvedora: Comcept Inc., Armature Studio LLC

  • Publisher: Xbox Game Studios

  • Tamanho: 13 GB

  • Data de lançamento: 13/09/2016


Sempre curto encarar títulos “B” ao invés de ficar só nos “AAA”. O último foi ReCore, exclusivo do Xbox (em consoles) e primeiro a fazer parte da linha "Play Anywhere". Trata-se de um game de ação em terceira pessoa com toques de “metroidvania”, onde novas áreas de locais já visitamos ficam disponíveis graças a aquisição de novas habilidades.


Joule e Mack, um dos (simpáticos) robôs



O mistério de Far Eden


Controlamos Joule, que se disponibilizou como uma das primeiras voluntárias em um programa que levaria humanos até a colônia chamada Far Eden. Após acordar da criogenia, ela percebe que nada se desenrolou conforme o plano, se deparando com um vasto... deserto. E ninguém mais. A partir daí a história segue, com Joule tentando desvendar o que realmente aconteceu -- em especial com seu pai.



Dica: busque pelo máximo de "prime core" que você puder


Muita ação


Joule conta com uma arma de fogo que possui munição infinita, mas que aquece se usada com muita frequência, além de uma espécie de gancho. Nos combates é que a coisa fica mais interessante: os inimigos possuem diferentes cores e você precisa tê-las em sua arma se quiser causar maior dano. Mas, felizmente, não estamos completamente sozinhos: diferentes robôs nos acompanharão na jornada, oferecendo ajuda nos combates e puzzles.


Os efeitos de luz em ReCore são lindos!


Tanto sua arma quanto os robôs podem ganhar níveis e ficar mais fortes. Seus companheiros podem ser customizados com diferentes peças encontradas pelo deserto e núcleos extraídos de inimigos nos abrigos, que também servem como pontos de teleporte. Além de "núcleos simples", Joule acaba descobrindo os "núcleos primários", que precisam ser usados para acessar diferentes áreas e progredir na aventura.


Retorne com frequência para seu abrigo e customize seus companheiros



Poderia ser melhor


O mapa é bem grande, ainda que um bocado vazio. Entendo a ideia da “solidão”, mas poderia ter mais coisas interessantes. Em muitos momentos, você simplesmente andará por cenários desinteressantes, apenas torcendo para chegar logo ao próximo objetivo. Não só isso: o visual também deixa a desejar, ficando muito mais próximo do que seria um game de Xbox 360. Para piorar, as telas de loading são inexplicavelmente longas.


Prepare-se para algumas viagens... tediosas


ReCore tem caraterísticas de um jogo clássico de ação, sem muita enrolação. A gameplay é simples e o controle de Joule é perfeito. Poucas vezes me senti tão seguro em plataformas 3D. Terminei após 18 horas de jogatina, mas sem fazer grande parte das missões secundárias já que a experiência acaba se tornando muito repetitiva. E prepare-se, pois a sequência final tem uma desculpa horrível para expandir o tempo de jogo.


Mesmo com muitas falhas, ReCore diverte e apresenta uma experiência mais simples que poucas vezes vimos nesta geração. O game está disponível no Xbox Game Pass.


Veredicto

6/10 | ReCore é um game gostoso de jogar, se você estiver disposto a ignorar alguns problemas bem irritantes.

22 visualizações1 comentário

©2020 por Planeta Xbox. Este site é feito por fãs e não possui vínculo com a Microsoft.

  • Facebook ícone social