©2020 por Planeta Xbox. Este site é feito por fãs e não possui vínculo com a Microsoft.

  • Facebook ícone social

Phantasy Star Online 2 - primeiras impressões

Atualizado: Mar 24

Foram 20 anos de espera, mas finalmente pude jogar Phantasy Star Online 2 pela primeira vez.


Graças ao open beta que está sendo realizado pela SEGA, donos de Xbox One (incluindo este que voz fala) podem jogá-lo antes que outras plataformas. Depois de tanto tempo de espera, valeu a pena?


Assim como seu predecessor, PSO2 é um jogo de ação e RPG cooperativo. A história se passa no Oráculo, uma frota intergalática que explora o espaço em busca de novos planetas. Você faz parte dos ARKS, uma força-tarefa dedicada a sobreviver e monitorar as biosferas, além de buscar sinais de uma energia que corrompe os seres através do universo.


Tudo começa na tela de criação de personagem. As opções são bem robustas e dá para editar praticamente todos os detalhes do personagem. Depois, devemos decidir a qual espécie pertencemos - Humanos, Newsmans, CAST e Deumans - e nossa classe, que impacta diretamente no estilo de combate.




Após passar pelo extenso, porém necessário tutorial, é hora de explorar a liberdade. Através do Oráculo temos a chance de aplicarmos para missões de história, missões paralelas ou atividades exclusivas em grupo, com outros jogadores. As duas primeiras são essenciais para não só aprender tudo sobre os fundamentos de PSO2, como também evoluir seu personagem. Ao contrário dos MMORPG tradicionais, Phantasy Star Online oferece cenários menores, com objetivos que não envolvem dezenas de horas de jogo. Além disso, um grupo menor de jogadores podem jogar ao mesmo tempo. As missões são simples e variam entre eliminar inimigos específicos ou encontrar certos itens.





A graça está mesmo na customização. Você vai encontrar centenas de equipamentos diferentes, gerando inúmeras possibilidades. Dá para montar até 5 builds de uma vez e é muito fácil alternar entre elas durante a ação, o que estimula a tentativa e erro. O sistema de combate é praticamente o mesmo do game original para Dreamcast: temos ataques simples ou especiais com os photons, que gastam uma barra que basicamente seria a "mana" de outros rpgs. Existem um timing para encaixar golpes mais poderosos e, assim, montar um combo eficiente. É fácil de aprender e muito divertido. Claro que o desafio passa a aumentar gradativamente e jogar em equipe se torna essencial -- além de deixar a experiência muito mais legal.



A SEGA ainda não divulgou uma data para o lançamento mundial (você precisa mudar sua conta para EUA ou Europa para baixá-lo) mas, a julgar pela versão atual, PSO2 é extremamente divertido e vale (muito) a sua atenção. O beta aberto ainda é exclusivo para Xbox e não existe uma data para acontecer no PC.

36 visualizações